Publicação mensal sobre Relações Internacionais

Página inicial do VOX MAGISTER

Tag: Eleições

“The Sound of the Trumpet” – Razões e significados da vitória de Donald Trump

“The Sound of the Trumpet” – Razões e significados da vitória de Donald Trump

Antonio Henrique Lucena Silva
Por Antonio Henrique Lucena Silva* Desde quando começaram as disputas pelas primárias nos Estados Unidos, muitos analistas viam com certo desdém a candidatura do bilionário americano Donald Trump. Na medida em que a corrida para a nomeação foi avançando, os rivais do empresário não conseguiam romper com a onda que se formou em torno da sua candidatura. Políticos experientes do Partido Republicano, como Ted Cruz, não conseguiram se estabelecer. A retórica agressiva de Trump ficou evidente e, ao contrário do que muitos acreditavam, o ataque aos adversários não fragilizaram a sua campanha. Mesmo com um discurso muitas vezes misógino e racista, Donald Trump foi conquistando adeptos. Do lado Democrata, Hillary Clinton se surpreendeu com um candidato que corria por fora, bastante crítico das
O Presidente Trump

O Presidente Trump

Thales Castro
Por Thales Castro* A poucos dias das eleições americanas, é necessário que separemos bem as análises frias e objetivas da ciência política dos desejos subjetivos pessoais para esse pleito eleitoral (wishful thinking). Agora não poderia ser diferente. É momento de reflexão pontiaguda diante do cenário acirrado e complexo que se desenha nos EUA. O título deste ensaio já é bastante provocador e revela a preocupante tendência que se consolida diante do eleitor médio daquele país. De acordo com fatos recentes, observamos que há sim a possibilidade (bastante plausível) de os EUA terem Trump como presidente, com sua ultrapassagem de Hillary materializada na arrancada na reta final desta agressiva campanha. Vejamos cinco razões explicativas para tais evidências: 1. Em termos históricos e antr
Partidos políticos na Europa: quando o todo não é a soma das partes

Partidos políticos na Europa: quando o todo não é a soma das partes

Mariana Meneses, Rodrigo Barros de Albuquerque
Por Mariana Meneses* Rodrigo Albuquerque** O princípio da proporcionalidade, que rege o sistema pelo qual os assentos no Parlamento Europeu são ocupados, garante representação diferenciada para cada um dos 28 países membros da União Europeia. Assim, os cinco países com maiores números de assentos no PE, a saber, Alemanha, França, Itália, Reino Unido e Espanha, detêm 370 assentos, ou 49,27% do total (EUROPEAN PARLIAMENT, 2016). Tais assentos são designados a candidatos filiados ou não a partidos europeus, que, por sua vez, contêm partidos nacionais a eles ligados. A tabela a seguir ilustra o grau de representatividade dos partidos europeus, através do número de assentos conquistados nas eleições de 2009 e 2014: Fonte: EUROPARL Percebe-se que o Partido Popular Europeu esteve nos dois
Extremismo 2.0*

Extremismo 2.0*

Antonio Henrique Lucena Silva
Por Antonio Henrique Lucena Silva** Imagine se o ex-chanceler Adolf Hitler, morto em 1945, reaparecesse no cenário atual. Como as pessoas reagiriam? É com essa ideia que o autor Timur Vermes escreve a obra satírica “Ele está de volta” (no original: Er ist wieder da), lançado em 2012. O livro rendeu um filme na Alemanha com o mesmo roteiro do texto. Na obra, Hitler ressurge atordoado em um terreno em Berlim, sem saber direito o que aconteceu com a queda do regime nazista. Apesar de ninguém acreditar que ele seja o verdadeiro Hitler, as pessoas o encaram como um ator de comédia que ganha o seu próprio programa e começa a fazer vídeos no Youtube. Logo os vídeos postados passam a ter milhões de visualizações na rede e ele começa a usar a sua popularidade para voltar à política. Atualmente,
Is Argentina back on the world’s map?

Is Argentina back on the world’s map?

Jean Daudelin
Por Jean Daudelin* Argentina has the second largest economy of South America (after Brazil), its third largest population (after Brazil and Colombia) and, in spite of all the problems of recent years, the region's second highest GDP (PPP) per capita (after Chile). It’s a huge country whose agricultural potential and agro-business productivity are phenomenal, it has large reserves of gas and, for almost a century and in spite of recent difficulties, it has boasted one of the best educated population of the continent. And yet, it has had no significant international or even regional presence or influence for at least 50 years. During that period, with brutally authoritarian or utterly dysfunctional democratic political systems, inconsistent public policies, and one of the world's most vol