Publicação mensal sobre Relações Internacionais

Tag: Conceitos

Estratégias de Operacionalização de Conceitos Teóricos

Estratégias de Operacionalização de Conceitos Teóricos

Augusto W. M. Teixeira Júnior
Por Augusto Teixeira Jr.* Se pensarmos na evolução das Relações Internacionais veremos que conceitos teóricos são centrais na nossa compreensão estruturada do mundo. Entre estes, dicotomias teórico-conceituais possuem um local especial no campo. Por exemplo, em oposição à Paz, a Guerra – pensada através da teoria clausewitziana –representa a manifestação fática de um fenômeno apreensível à luz da razão e da História. Destarte a relevância de conceitos teóricos e dicotomias, se faz necessário indagar: como operacionalizar a ideia de guerra em termos empíricos? De uma forma geral, indo além do conceito Guerra, como classificar e mensurar conceitos teóricos abstratos? Como avaliar sua presença e efeito? Na prática, estas indagações nos remetem a um desafio comum nas Ciências Sociais: conve
As Potências no Sistema Internacional – Parte 1

As Potências no Sistema Internacional – Parte 1

Júlio César Cossio Rodriguez
Por Júlio César Cossio Rodriguez* O conceito de potência é um dos mais utilizados na área de Relações Internacionais, mas isto não significa que seu uso seja consensual. Cada programa de investigação da área define os critérios para categorizar os atores internacionais principais, os estados, em relação ao seu potencial. Neste sentido, não é tarefa difícil identificar uma grande potência, seja levando em conta agregados de poder ou critérios minimalistas. Os principais autores realistas vão considerar, para definir o potencial de um estado, medidas no poder econômico, militar e político. Entretanto, mesmo dentre os realistas, não há consenso sobre quais são os critérios principais. Considerando os escritos de Hans Morgenthau, podem ser levados em conta os recursos não-operacionalizáveis
Cratologia: o poder como enigma, meio e fim das Relações Internacionais

Cratologia: o poder como enigma, meio e fim das Relações Internacionais

Thales Castro
Por Thales Castro* Poder é um conceito multifacetado e em constante mutação que permite a um determinado Estado ter seus interesses sobrepostos aos demais Estados, ou quaisquer outros atores internacionais, pelo uso de ameaça (poder potencial) ou mesmo de efetivação de conflitos armados e demais instrumentos coercitivos (poder atual). Poder é energia cinética de relevância nas engrenagens internacionais; é fonte de discórdia e é nascedouro de conquistas; é, ademais, essência dinâmica do estudo da política internacional. Contudo, poder, isoladamente, não é criado em um vácuo nem possui senhorios perpétuos para seu domínio. Dentre as muitas definições de poder, optou-se aqui pela definição de poder mais voltada para o cenário político-decisório internacional na obra de Rosati: “a capacid