Publicação mensal sobre Relações Internacionais

Página inicial do VOX MAGISTER

Vlademir Monteiro

Em busca de segurança: o pleito da Turquia para entrar no guarda-chuva securitário dos EUA entre 1945 e 1952

Em busca de segurança: o pleito da Turquia para entrar no guarda-chuva securitário dos EUA entre 1945 e 1952

Vlademir Monteiro
Por Vlademir Monteiro* As necessidades securitárias da Turquia constituíram um aspecto central de sua relação com o Ocidente, no cenário posterior a 1945, tendo, inclusive, influenciado decisivamente seu alinhamento com o bloco no contexto da Guerra Fria. De acordo com Kösebalaban (2011), sua política externa, nesse período, manifesta a continuidade da prática de se valer de esquemas defensivos com alguma potência ocidental no intuito de fazer frente às hostilidades de outros Estados – e esse expediente era, com frequência, adotado pelo Império Otomano (o antecessor da República Turca) para contrabalancear a Rússia czarista. O principal fator desencadeador da aproximação da Turquia com o bloco Ocidental foi a ameaça soviética sobre seu território, mais precisamente, a intenção de Stálin