Publicação mensal sobre Relações Internacionais

Página inicial do VOX MAGISTER

Rafael Lima Santos

Países em desenvolvimento como origem dos fluxos de investimento estrangeiro direto

Países em desenvolvimento como origem dos fluxos de investimento estrangeiro direto

Rafael Lima Santos
Por Rafael Lima Santos* François Chesnais (1996) adverte que o fenômeno dos investimentos externos não deve ser interpretado como recente: teóricos do imperialismo, ao analisarem a economia mundial como conjunto de relações moldadas pelo capital, já no início do século XX, consideravam a exportação de capitais em suas análises. Segundo o autor, a partir da Segunda Guerra Mundial, com o aumento quantitativo dos investimentos – como é possível observar no gráfico abaixo –ocorre uma tomada de consciência sobre a necessidade de se estudar o fenômeno e suas consequências. Baseando-se nesta afirmação, adota-se os anos 1950 como ponto de partida para um panorama histórico do Investimento Estrangeiro Direto (IED) em escala mundial, destacando o papel dos países em desenvolvimento como origem do