Publicação mensal sobre Relações Internacionais

Página inicial do VOX MAGISTER

Gabriel Melo de Figueiredo

Graduado em Ciência Política pela UFPE.

As maquiladoras no Mercosul: um obstáculo à integração econômica?*

As maquiladoras no Mercosul: um obstáculo à integração econômica?*

Andrea Steiner, Gabriel Melo de Figueiredo
Por Gabriel Melo de Figueiredo** Andrea Steiner*** Como o seu próprio nome já sinaliza, o Mercado Comum do Sul, ou Mercosul, almeja ser um mercado comum. Na definição do governo brasileiro, um mercado comum é “um processo bastante avançado de integração econômica, garantindo-se a livre circulação de pessoas, bens, serviços e capitais [...] e pressupõem-se a coordenação de políticas macroeconômicas, devendo todos os países-membros seguir os mesmos parâmetros para fixar taxas de juros e de câmbio e para definir políticas fiscais”. No entanto, o bloco não chegou a se desenvolver plenamente a ponto de ser um mercado comum, e é considerado apenas como uma união aduaneira imperfeita. A imperfeição se dá pelo fato de que a tarifa externa comum (TEC) do bloco possui várias exceções para os pa